Pesquisar
Close this search box.
970x250 (1)

Blogueira chinesa é multada em R$ 94 mil após cozinhar e comer tubarão branco

Foto: Fornecido por Revista Menu

A blogueira chinesa de comida, que se identifica na internet como Tizi, foi multada por cozinhar e comer um tubarão branco.


Segundo o jornal Independent, a jovem, identificada como Jin Moumou, recebeu multa de 125.000 yuans (cerca de R$ 94.000) depois de postar um vídeo nas redes sociais em que ela mostra a si mesma comprando o animal, além de prepará-lo e comê-lo.


Porém, o tubarão branco tem leis que o protegem na China, e a posse ilegal de um animal desses, no país, pode levar a pena de prisão de cinco a 10 anos.


O vídeo violou a “Lei de Proteção de Animais Silvestres da República Popular da China”, segundo comunicado oficial chinês citado pelo Independent. De acordo com oficiais de Nanchong, na província de Sichuan, a influencer teria comprado o grande tubarão branco em abril de 2022 e postado o vídeo polêmico em julho do mesmo ano.


As imagens, postadas nos sites de mídia social Douyin e Kuaishou, mostram Tizi posando com o tubarão, de quase um metro e oitenta, em frente a uma loja. O tubarão é então cortado ao meio, marinado e grelhado, enquanto a cabeça é cozida em um caldo.


Blogueira chinesa é multada em R$ 94 mil após cozinhar e comer tubarão branco


“Pode parecer cruel, mas sua carne é realmente muito macia”, afirmou Tizi enquanto arrancava grandes pedaços da carne grelhada do animal no vídeo, que rapidamente viralizou e causou muita polêmica, inclusive entre outros influencers e blogueiros.


As autoridades disseram que Tizi comprou o tubarão por 7.700 yuans (cerca de R$ 5795) no site de compras online Taobao, do Alibaba. Testes de DNA de restos de tecido identificaram que o animal comprado pela blogueira era, de fato, um tubarão branco. Outros dois indivíduos envolvidos na captura e venda do animal também foram presos.


Blogueira chinesa é multada em R$ 94 mil após cozinhar e comer tubarão branco


A polícia começou a investigar a influenciadora, que tem quase oito milhões de seguidores em seu canal, em agosto do ano passado, depois que o clipe viral gerou uma reação generalizada.


Na época, Tizi disse à mídia local que adquiriu o tubarão por “canais legais”, mas o departamento local de agricultura disse que sua alegação era “inconsistente com os fatos” e que a polícia estava investigando.


O grande tubarão branco está atualmente listado como uma espécie “vulnerável” pelo World Wildlife Fund. Em fevereiro de 2020, a China impôs a proibição total da compra, venda e consumo de animais selvagens. A proibição foi introduzida no início da pandemia de Covid-19 para impedir atividades que os cientistas dizem ter causado o coronavírus mortal.


Revista Menu


 


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
posto village ezgif.com gif to avif converter

Últimas Notícias