Pesquisar
Close this search box.
1200 x 250

Morre homem baleado enquanto estava amordaçado, diz polícia

Foto: Fábio Dias/PCPR

Morreu nesta quinta-feira (10) um homem que foi baleado enquanto estava amordaçado e com as mãos presas em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná. A informação é da Polícia Civil.


Ele foi atingido na cabeça e na barriga, dentro de um estabelecimento comercial. Uma funcionária também ficou ferida.


A suspeita dos disparos foi presa em flagrante na quarta (9). Segundo o delegado Derick Moura, ela tem medida protetiva contra o homem atingido, que é ex-companheiro dela.


A defesa da mulher afirmou nesta quarta, em nota, que ela “estava vivendo sob extrema pressão e ameaças intensas por parte do ex-companheiro”.


A funcionária foi internada em estado grave e ainda não foi divulgada atualização sobre o quadro de saúde dela. Conforme a polícia, ela tentou impedir os disparos e acabou atingida.


Relembre o caso


O delegado explicou que, quando policiais militares chegaram ao estabelecimento para atender a ocorrência, encontraram o local trancado. Eles invadiram o espaço depois de ouvir os disparos.


“Ela disse que tem medida protetiva contra ele, que mora em Piraí do Sul e veio à Ponta Grossa falar com ele sobre uma situação de conflito entre os dois, e para entregar a arma que seria do homem. E que, durante essa conversa, acabaram discutindo”, detalhou Derick Moura.


O delegado disse que a suspeita não informou porquê o homem estava amarrado e amordaçado.


Ela foi presa por duas tentativas de homicídio, ambas com a qualificação de impossibilidade de defesa da vítima.


Por g1 PR — Ponta Grossa


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
banner hotifruti ac24h

Últimas Notícias