Pesquisar
Close this search box.
1200 x 250

Líderes chegam para cúpula do G20; EUA não buscam conflito com China, diz Biden

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse neste domingo (13) que seu país manterá linhas de comunicação abertas e não buscará conflitos com a China, antes do que se esperam ser conversas tensas sobre uma série de questões geopolíticas durante a cúpula do G20 na Indonésia nesta semana.


Biden e o presidente chinês, Xi Jinping, devem se encontrar pessoalmente na segunda-feira (14) pela primeira vez desde que Biden assumiu o cargo, enquanto as relações bilaterais definham em seu pior nível em décadas.


Jake Sullivan, conselheiro de segurança nacional de Biden, disse a repórteres que a reunião pode durar “algumas horas”.


Biden, que desembarcou na ilha de Báli depois de se encontrar com líderes do Sudeste Asiático e do Leste Asiático no Camboja, disse que os Estados Unidos vão “competir vigorosamente” com Pequim, ainda que “garantindo que a concorrência não se transforme em conflito”.


O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, também chegou a Bali vindo do Camboja mais cedo neste domingo (13).


O presidente da Indonésia, Joko Widodo, fala com a imprensa durante chegada a Báli, onde acontece o encontro do G20. — Foto: Sonny Tumbelaka/Pool via REUTERS

O presidente da Indonésia, Joko Widodo, fala com a imprensa durante chegada a Báli, onde acontece o encontro do G20. — Foto: Sonny Tumbelaka/Pool via REUTERS

A guerra na Ucrânia e suas consequências econômicas devem dominar as discussões em Bali e no fórum de Cooperação Econômica Ásia-Pacífico (Apec) em Bangcoc no final da semana, juntamente com os compromissos climáticos, a insegurança alimentar e as tensões sobre o Estreito de Taiwan, o Mar da China Meridional e a Coreia do Norte.


Mais cedo, Lavrov acusou o Ocidente de militarizar o Sudeste Asiático para conter os interesses chineses e russos em um campo de batalha geoestratégico.


“Os Estados Unidos e seus aliados da Otan estão tentando dominar esse espaço”, disse Lavrov a repórteres.


Lavrov está representando o presidente russo, Vladimir Putin, nas cúpulas e deve ouvir repreensões pungentes do G20 pela invasão da Ucrânia, que Moscou chama de operação militar especial.


A Ucrânia não é membro do G20, mas foi convidada pela anfitriã Indonésia como observadora. Seu presidente, Volodymyr Zelenskiy, discursará virtualmente na reunião.


O Ministério das Relações Exteriores da Rússia disse neste domingo que o G20 não é o fórum para lidar com questões de segurança e que, em vez disso, deve se concentrar em desafios econômicos globais urgentes.


Provocações


Biden realizou uma reunião trilateral com líderes dos aliados Japão e Coreia do Sul e disse que os três países estão “mais alinhados do que nunca” com relação à Coreia do Norte.


O presidente da Coreia do Sul, Yoon Suk-yeol, disse que as recentes provocações do Norte mostram a “natureza contra o humanitarismo” do regime norte-coreano, acrescentando que isso tem se tornado mais hostil e agressivo com base na confiança em suas capacidades nucleares e de mísseis.


O primeiro-ministro japonês, Fumio Kishida, disse que as ações de Pyongyang, que incluem um recente disparo de um míssil balístico sobre o Japão, não têm precedentes.


O primeiro-ministro britânico Rishi Sunak embarcou no domingo (13) para o encontro do G20 em Báli, na Indonésia — Foto: Leon Neal/Pool via REUTERS

O primeiro-ministro britânico Rishi Sunak embarcou no domingo (13) para o encontro do G20 em Báli, na Indonésia — Foto: Leon Neal/Pool via REUTERS

“Essa cúpula trilateral é oportuna, considerando que estamos prevendo mais provocações”, disse Kishida.


Bolsonaro não confirma participação


O Palácio do Itamaraty listou alguns integrantes da delegação do governo brasileiro que vai representar o país na reunião de cúpula do G20, marcada para esta semana em Báli, na Indonésia. Entre os nomes, não aparece o do presidente Jair Bolsonaro.


De acordo com o Itamaraty, a delegação brasileira vai ser chefiada pelo ministro das Relações Exteriores, Carlos França. A comitiva também inclui o secretário de Comércio Exterior e Assuntos Econômicos e dois servidores da Coordenação-Geral de G20, ligada ao ministério.


Por Reuters


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
23.1 digital master super banner pmrb rbo do futuro 2024 ezgif.com gif to avif converter (1)

Últimas Notícias