Pesquisar
Close this search box.
1200 x 250

Assaltada três vezes nos últimos meses, unidade de Saúde da capital perde 1,3 mil doses de vacina contra covid-195

Foram pelo menos três furtos, nos últimos meses, na unidade de Saúde Raimundo Moreira, localizada no bairro João Eduardo, em Rio Branco, e como resultado disso, foram perdidas 1,3 mil doses de vacina contra Covid-19. A informação foi repassada pela assessoria de Comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).


Para furtar a fiação elétrica, os criminosos desligaram o padrão de energia, ocasionado o desligamento das geladeiras onde ficavam armazenadas as vacinas contra a covid-19, com doses da AstraZeneca e Pfizer, que seriam destinados ao público infantil e adulto.


“Os dois primeiros furtos ocorreram no mês de setembro. Eles agem, geralmente, nas noites, feriados e finais de semana, desligam os padrões na tentativa de levar a fiação. Com as geladeiras desligadas, mil doses de vacina foram perdidas, em setembro. A última tentativa de furto foi no início deste mês, no dia de Finados, e foram perdidas mais 300 doses”, disse Salomão Matos, assessor de comunicação da Semsa.


Segundo o assessor, o Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde, foi informado sobre o ocorrido. “Estamos providenciando uma chapa de proteção para que os vândalos não tenham acesso aos padrões de energia. Já comunicamos o ocorrido à polícia. Isso não pode mais acontecer”, concluiu Matos.


A Gazeta do Acre/Dell Pinheiro


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
970x250

Últimas Notícias