Pesquisar
Close this search box.
192882c8aaa53f9b4e234a4553bdad21

Em 6 meses, Acre tem 86 alertas no programa Celular Seguro

O Celular Seguro, serviço criado pelo Governo Federal para inibir o roubo de smartphones no Brasil, completa seis meses nesta segunda-feira (18) e o Acre é o penúltimo lugar no ranking dos estados com mais uso da ferramenta.


Desde o lançamento, em 20 de dezembro de 2023, o Celular Seguro registrou 56.403 ocorrências no país inteiro, sendo 43.838 relacionadas a roubos e furtos de aparelhos. O aplicativo Celular Seguro funciona como uma espécie de botão de emergência que, quando ativado, notifica as operadoras e bancos que um celular foi roubado ou furtado. O pedido de bloqueio pode ser feito pelo próprio dono do aparelho, ou por uma pessoa de confiança.


De acordo com dados do Ministério da Justiça e Segurança Pública, até a última sexta-feira (17), foram registrados no Acre 86 alertas, mas o ministério não detalhou se os alertas foram emitidos por roubo, furto, perda do aparelho, ou outra razão. Roraima é o último lugar da lista em uso da ferramenta, registrando 84 alertas.


Em contrapartida, São Paulo e Rio de Janeiro, grandes centros urbanos, já registraram 16.197 e 8.196 ocorrências respectivamente.


Celular Seguro recebeu atualização em abril


Segundo o Ministério da Justiça, o Celular Seguro foi atualizado em abril para facilitar o cadastro. Com a mudança, basta que o usuário informe dados simples, como número, operadora e marca do aparelho para ter o registro completo.


Antes da atualização, era necessário informar o modelo e o código IMEI do aparelho.


A atualização também incluiu uma opção para donos dos aparelhos indicarem quais dados serão bloqueados após um alerta: é possível optar somente pelo bloqueio de apps de bancos, por exemplo.


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
banner oferta do dia ac24h

Últimas Notícias