Pesquisar
Close this search box.

Paris 2024: COB anuncia estruturas de apoio para atletas durante Olimpíada

comite olimpico brasileiro
COB anunciou estrutura especial para atletas olímpicos na França COB/Divulgação

O Comitê Olímpico do Brasil (COB) anunciou, nesta sexta-feira (24), uma estrutura de apoio para os atletas que forem a Paris disputar os Jogos Olímpicos, com estruturas espalhadas pela França e até no Taiti – sede do surfe. Serão sete pontos de apoio da entidade espalhados por pontos de competição, contando com a Vila Olímpica, auxiliando na preparação do Time Brasil.


Para o COB, ter os pontos de apoio “proporcionará aos atletas toda estrutura necessária para que alcancem os melhores resultados”. Os serviços de alta performance não ficarão restritos para a Vila Olímpica.


“Estamos construindo resultados cada vez mais consistentes em Jogos Olímpicos nas últimas edições. E o papel do COB é oferecer a melhor estrutura possível para que os atletas tenham as melhores performances de suas vidas nesta competição”, afirmou Rogério Sampaio, diretor geral do COB e chefe da Missão Brasileira nos Jogos Olímpicos de Paris.


O principal ponto de apoio será a base de Saint-Ouen, distante apenas 600 metros da Vila Olímpica. Nela, o COB terá à disposição três instalações, oferecendo serviços de apoio complementares à performance do atleta no período dos Jogos. O judô vai ser a primeira delegação do Brasil a passar pela base, no dia 16 de julho.


Pontos de apoio

O COB montará estruturas próprias em Vaires Sur Marne (canoagem e remo), Marselha (vela), Lille (handebol e basquete, caso se classifique) e Chateuaroux (tiro esportivo), além da Vila Olímpica e de Saint-Ouen. A entidade informou que cada local contará com serviços específicos de acordo com as características das modalidades. O Taiti, sede das competições de surfe, distante 12 mil quilômetros da capital francesa, também terá uma base exclusiva de apoio aos atletas.


“O COB faz um trabalho em conjunto com as confederações. Estamos em contato constante com as equipes, treinadores e gestores das modalidades para afinar os detalhes que podem fazer a diferença no resultado final. Estamos nos ajustes finais para executar uma grande operação e estamos muito otimistas que será bem-sucedida”, complementou Ney Wilson, diretor de Alto Rendimento do COB e subchefe de missão em Paris 2024.


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
ba banner portal microcredito 960x100px mai24

Últimas Notícias