Pesquisar
Close this search box.
192882c8aaa53f9b4e234a4553bdad21

Idosa deixa de ser internada por falta de equipe: “minha mãe vai morrer em casa porque não tem um auxiliar”

leito idoda 996x600

A filha de uma paciente idosa, com mais de 70 anos, com indicação de internação no Serviço de Atendimento Especializado (SAE) da Fundação Hospitalar do Acre, procurou o ac24horas indignada com o que considera um descaso.


A mulher, que prefere não ser identificada com medo de represálias, conta que a mãe foi avaliada por um médico e a orientação era de que deveria ser internada por conta de seu estado de saúde e a idade avançada.


Após passar por um procedimento, o médico decidiu que a idosa deveria ficar internada para acompanhar a recuperar e seguir o tratamento. No entanto, a reposta dada no setor revoltou a filha. Apesar de terem leitos disponíveis no local, a mãe não seria internada por falta de equipe.


“Eu não entendo, quer dizer que existem leitos, mas não há equipe. E como fica? Minha mãe vai morrer em casa, simplesmente porque não tem um enfermeiro ou um auxiliar, isso é um absurdo. Não adianta ser atendida e não conseguir ser internada, em casa não há as mesmas condições do hospital”, afirma.


A reportagem procurou a Fundação Hospitalar, que se manifestou via assessoria. O complexo hospitalar confirmou o problema, mas alegou se tratar apenas de uma “adversidade”.


“Em relação à denúncia informada pela reportagem, a Fundação Hospital Estadual do Acre (Fundhacre) esclarece que houve uma adversidade em relação à dispensação de leitos de internação nessa quarta-feira, 24. Reforça, ainda, que a questão foi prontamente solucionada e que nenhum paciente deixou de ser atendido”, disse à Fundhacre.


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
970x250

Últimas Notícias