Pesquisar
Close this search box.
Weather Data Source: El tiempo a 25 días

Pedreiro e ajudante são abordados por bandidos em motocicleta e feridos a tiros

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do Ecos da Notícias.​

Por Davi Sahid


O Pedreiro Francisco dos Santos Silva, de 31 anos e seu ajudante Raimundo Veiga, de 49 anos, foram feridos tiros em via pública na tarde desta terça-feira, 26, na Rua Raimundo Correia no residencial Rosa Linda no Segundo Distrito de Rio Branco.


Segundo informações da Polícia, Francisco e Raímundo haviam saído de suas casas após o almoço e estavam retornando em suas bicicletas para o trabalho na construção de uma casa no residencial Rosa Linda. No trajeto quando chegaram na rua Raimundo Correia, o Pedreiro e seu ajudante foram abordados por dois criminosos encapuzados em uma motocicleta modelo Bros, de cor vermelha, que em posse de uma arma de fogo efetuaram um tiro que atingiu Francisco na perna direita, na tíbia e outro que feriu Raimundo na perna esquerda na região da tíbia. Mesmo ferido Francisco ainda conseguiu subir na sua bicicleta e em seguida entrou numa área de mata na tentativa de fugir, mas foi alcançando pelos criminosos. Francisco ao perceber que iria ser morto, disse ao seus algozes que não era de facção e que trabalha como Pedreiro e teve sua vida preservada. Após a ação os criminosos fugiram do local.



Populares acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e enviaram a ambulância básica. Os Paramédicos prestaram os primeiros atendimentos as vítimas e em seguida os encaminharam ao Pronto-Socorro de Rio Branco, ambos em estado de saúde estável.


Policiais Militares do 2° Batalhão estiveram no local e isolaram a área para os trabalhos do Perito em criminalística, em seguida colheram as características dos autores dos crimes e fizeram patrulhamento na região em busca de prendê-los, porém, eles não foram encontrados.


Agentes da Polícia Civil por meio da Equipe de Pronto Emprego (EPE) já iniciaram as investigações e os casos posteriormente ficarão a disposição da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Últimas notícias

Últimas Notícias