Pesquisar
Close this search box.
Weather Data Source: El tiempo a 25 días

Ouro e prata: gari do Distrito Federal vence campeonato mundial de karatê na Europa

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do Ecos da Notícias.​

O varredor do Distrito Federal Renato Santos, de 26 anos, conquistou medalha de ouro do Campeonato Mundial World Karate Championships (World Karate-Do Alliance – WKA) em Malta, na Europa. O carateca, que trabalha como gari na empresa Sustentare Saneamento, também conquistou troféu de prata por equipe e de bronze no Open Internacional.


Os campeonatos ocorreram entre os dias 21 e 24 de março, em Malta, na Europa. Renato representou o Brasil pela Seleção Brasileira da Confederação Nacional de Karatê do Brasil (CNKB), na categoria verde roxa.


“Estou muito feliz, é o meu primeiro título mundial e a realização de um grande sonho, que era trazer a vitória para o Brasil pela Seleção Brasileira no exterior”, disse Renato. O gari pisou em solo internacional pela primeira vez.


A conquista será comemorada nesta quarta-feira (27/3), no Distrito de Limpeza de Ceilândia. Ele será recepcionado pelos colegas de trabalho e colaboradores da Sustentare Saneamento, patrocinadora oficial do atleta.


“Ele é um exemplo de dedicação e persistência para todos nós. Quando Renato nos procurou para relatar suas dificuldades com as coberturas dos custos para treinos, inscrições em campeonatos, passagens, hospedagens, alimentações, liberações abonadas no trabalho, uniformes, entre outros, decidimos apoiá-lo no que fosse necessário para servir de pilar nas aspirações e metas de vida dele, que têm sido alcançadas rapidamente”, disse Rejane Costa, superintendente regional da Sustentare.


Rotina

Brasiliense, Renato Santos nasceu em Taguatinga é casado e tem uma filha de dois anos. Atualmente, mora no Sol Nascente. O atleta trabalha das 6h às 14h20, diariamente. Assim que finaliza o expediente, segue para fisioterapia e para o treino de luta.


Além de intensificar os preparos para as próximas competições, Renato quer cursar faculdade de educação física e estudar inglês.


“A faculdade vai me trazer conhecimentos que poderei aplicar em mim mesmo e aprender inglês vai facilitar nas minhas próximas disputas internacionais”, comentou o atleta.


Ele também deseja dar aulas gratuitas de karatê para crianças na comunidade onde mora.


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Últimas notícias

Últimas Notícias