Pesquisar
Close this search box.
Weather Data Source: El tiempo a 25 días

Governo federal unifica nesta sexta pagamento do Bolsa Família em 19 dos 22 municípios do Acre

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do Ecos da Notícias.​

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil


 


 


Diante de uma das maiores cheias da história do Rio Acre, o Governo Federal adotou o pagamento unificado do Bolsa Família em 19 dos 22 municípios do estado. Com isso, fica antecipado para o primeiro dia do cronograma o repasse do programa de transferência de renda. A medida significa uma injeção direta de R$ 89,3 milhões na economia do estado, a partir do repasse, nesta sexta-feira, 15 de março, a 121 mil famílias acreanas.


Ao todo, levando em conta os 22 municípios do estado, 130 mil famílias vão receber o benefício neste mês, a partir de um investimento federal de R$ 95 milhões. O valor médio de repasse no Acre é de R$ 732,49, o terceiro maior do país.


No recorte por municípios, a capital do estado, Rio Branco, concentra o maior número de famílias contempladas: 44 mil. Elas recebem benefício médio de R$ 687. O valor dos repasses federais para a capital acreana é de R$ 30,2 milhões. Na sequência dos municípios com mais beneficiários em março estão Cruzeiro do Sul (14 mil), Sena Madureira (9,1 mil), Tarauacá (8,7 mil) e Feijó (5,8 mil).


O município de Santa Rosa do Purus concentra o maior valor médio do benefício em todo o estado: R$ 894,62. É o quinto maior valor médio registrado em todo o país. Na sequência, aparece o município de Jordão (R$ 893,97, sexto maior do país). A lista dos cinco maiores valores médios no Acre se completa com Porto Walter (R$ 843,33), Assis Brasil (R$ 825,01) e Tarauacá (R$ 806,10).


Entre os benefícios complementares criados com o novo Bolsa Família, 75.119 crianças de zero a seis anos recebem neste mês o adicional de R$ 150 no Acre, referente ao Benefício Primeira Infância, a partir de um repasse federal de R$ 10,7 milhões. A cesta de benefícios complementares também acrescenta R$ 50 neste mês a 99,2 mil crianças e adolescentes de sete a 16 anos e 22,7 mil jovens de 16 a 18 anos, além de 3,2 mil gestantes e 5,7 mil mulheres em fase de amamentação.


Com informações da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República.


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Últimas notícias

Últimas Notícias