Weather Data Source: El tiempo a 25 días

Empresa que não pagou terceirizados ainda não apresentou documentação à Fundhacre

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do Ecos da Notícias.​

A Fundação Hospitalar do Acre (Fundhacre) divulgou uma nota de esclarecimento na manhã desta terça-feira, 23, se posicionando sobre a paralisação de funcionários terceirizados da empresa Maia e Pimentel, que cobram salários atrasados.


No documento, a direção da unidade hospitalar garante que não existe atraso em pagamento e que o mês de dezembro ainda não foi repassado porque a própria empresa não apresentou a documentação exigida.


Veja a nota abaixo:

*NOTA PÚBLICA*


O governo do Estado, por meio da Fundação Hospital Estadual do Acre (Fundhacre), vem a público esclarecer, sobre a paralisação de profissionais terceirizados que atuam na unidade hospitalar, que não existe atraso de pagamento às empresas terceirizadas.


Todos os pagamentos estão em dia, exceto os de duas empresas que não repassaram os documentos de comprovação de encargos trabalhistas dos profissionais, o que é uma exigência (_contratual/jurídica_), para que seja efetuado o pagamento de dezembro de 2023, o único ainda pendente.


A Direção da Fundhacre informa ainda que, tão logo as empresas apresentem a documentação exigida, o pagamento será realizado.


Duciana Araújo
Presidente em exercício da Fundação Hospital Estadual do Acre (Fundhacre)


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Últimas Notícias

plugins premium WordPress