Weather Data Source: El tiempo a 25 días

Brasileirão é mais equilibrado do que ligas europeias e foi mais competitivo em 2023

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do Ecos da Notícias.​

No ano em que o Botafogo desperdiçou a vantagem na liderança e viu o Palmeiras ser campeão nacional, mesmo ano do retorno de BahiaCruzeiroGrêmio e Vasco para a primeira divisão, o Campeonato Brasileiro confirmou a fama de “mais competitivo” do mundo.


Na comparação com as principais ligas da Europa — Inglaterra, Espanha, Itália e França, desconsiderando apenas a Alemanha —, o Brasil tem a menor diferença entre topo e parte de baixo da tabela.


O método adotado pelo ge para medir o equilíbrio de cada competição foi o Índice Herfindahl-Hirschman (HHI, na sigla em inglês), criado pelos economistas Orris Herfindahl e Albert Hirschman na década de 1940. Eles desenvolveram o cálculo para medir a concentração de mercado.


A fórmula considera o “market share” de cada empresa em seu setor — ou seja, o percentual de clientes que cada uma tem sobre o total. Com a soma dos quadrados de cada companhia, os economistas chegam a um número que varia entre zero e um. Quanto mais próximo de um, mais concentrado é o mercado. Quanto mais perto de zero, mais equilibrado.


No futebol, o HHI pode ser aplicado sobre as pontuações dos clubes nos campeonatos. É como se o número de pontos equivalesse ao market share dos times, a porção que cada um conquistou sobre o total.


Desde o começo da década de 2010, com exceção a 2017, o Brasileirão vinha de uma tendência de concentração de pontos em menos times, isto é, o campeonato se tornava mais desequilibrado. Em 2023, o índice recuou ao patamar em que estava anteriormente (veja no gráfico).



Os motivos podem ser vários. Ainda que Flamengo e Palmeiras continuem a faturar muito mais do que seus adversários, em termos financeiros, no campo a temporada de 2023 foi marcada por insucessos rubro-negros e por uma arrancada vitoriosa alviverde somente no final.


Segundo colocado na tabela, o Grêmio voltou a disputar o Brasileirão após uma temporada na Série B. Botafogo, Bahia e Vasco receberam aportes de seus novos proprietários — John Textor, City Football Group e 777 Partners. Isto fez com que os promovidos da segunda divisão chegassem com maior capacidade de investimento do que o habitual.


Paralelo com europeus

 


Campeonato Espanhol é o que mais se aproxima do brasileiro em termos de competitividade. Na temporada de 2022/2023, em que o Barcelona conquistou o título, e o Real Madrid, o vice-campeonato, a distribuição dos pontos foi menos concentrada do que em outros anos.


Campeonato Inglês e o Campeonato Italiano estão praticamente empatados em relação ao desequilíbrio entre seus competidores. Já o Campeonato Francês, que mais uma vez terminou com título do Paris Saint-Germain, teve o índice mais alto — e, portanto, mais desequilibrado.


O motivo da exclusão do Campeonato Alemão é a quantidade de times que o disputa. Como são 18 equipes, em vez de 20, o seu índice se torna incomparável com os demais (compare os torneios no gráfico).


Por ge

Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Últimas Notícias

plugins premium WordPress