Weather Data Source: El tiempo a 25 días

Barroso diz que Brasil pode perder soberania da Amazônia para facções criminosas

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do Ecos da Notícias.​

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luís Roberto Barroso, afirmou nesta quarta-feira, 16, que o “pensamento progressista sempre negligenciou a questão da segurança pública” durante o Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça. Segundo Barroso, o problema da segurança pública e da violência tem se agravado na América Latina e é necessário incluir essa preocupação na agenda progressista. O ministro também alertou para o risco de o Brasil perder a soberania da Amazônia, não para outros países, mas para o crime. “O Brasil corre risco de perder a soberania da Amazônia, não para outros países, mas para o crime organizado”, disse.


Segundo o ministro, a perda do papel de armazenamento de carbono da Amazônia pode agravar a mudança climática, além de causar uma redução drástica das chuvas, que são essenciais para o agronegócio e a geração de energia no país. Barroso também afirmou que pretende organizar uma reunião no Conselho Nacional de Justiça (CNJ), do qual ele  é presidente, para abordar a segurança pública e o combate às drogas. “Essa é uma guerra que nós estamos perdendo. De modo que não importa a visão de cada um sobre o endurecimento da repressão ou sobre as experiências de legalização que há em outros países. Seja qual for o caminho que se escolha, nós temos que partir do pressuposto que o que nós estamos fazendo não está dando certo”, enfatizou.


 


 


 


 


Por Jovem Pan


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Últimas Notícias

plugins premium WordPress