Weather Data Source: El tiempo a 25 días

Cem casais disseram sim no Projeto Cidadão do município de Mâncio Lima

Além da emissão de documentos para a comunidade e outros serviços, o Tribunal de Justiça do Acre celebrou a união de cem casais em Mâncio Lima, neste sábado, 23. Mais uma vez o Casamento Coletivo, a mistura de histórias de amor e cidadania, foi o ponto alto do Projeto Cidadão, realizado na Escola Padre Edson Oliveira.


Casais de várias idades, já vivendo juntos, com filhos, netos, amor recente. São muitas histórias de amor, uniões oficializadas com Certidões de Casamento gratuitas.


A juíza de Direito Substituta, Glaucia Gomes, da Comarca de Mâncio Lima, a magistrada celebrante, destacou a economia que o casal faz ao se unir oficialmente por meio do Projeto, que segundo ela garante acessibilidade e cidadania. “A taxa para casamento é de pouco mais de R$ 500 e muitos não têm condição de tirar esse valor do seu orçamento, para oficializar a união, e acabam vivendo uma vida inteira em união estável sem a oficialização. Então, o papel do Judiciário é de suma importância ao trazer esse serviço de cidadania. Na qualidade de representante do Poder Judiciário, eu fico muito feliz e honrada por participar do Projeto Cidadão”, pontuou.


A vice-governadora Mailza Gomes, os promotores de Justiça, Pablo Leones e Christian Anderson Ferreira da Gama, o defensor Público Diego Luiz, o diretor do Instituto de Identificação, Junior Cesar, e demais autoridades do Poder Executivo e Legislativo Municipal e Estadual, participaram do evento.


História de amor

Joaquim da Silva, 80 anos, e Francisca Cardoso, 70 anos, moram juntos em Mâncio Lima, há mais de 40 anos e agora estão oficialmente casados. A filha do casal também casou neste sábado e a alegria da família era dupla. Eles já planejavam casar, mas devido ao valor da taxa haviam adiado. Francisca diz que resolveram não deixar a oportunidade passar. “Acho muito importante, pois é de graça e ajuda quem não pode. É uma facilidade para nós. Estou me sentindo muito feliz”, contou.


Ivanete, filha do casal, casou com Izael Mariano da Silva. “Um amigo me avisou por telefone do Projeto Cidadão, e nós já queríamos casar, depois chamei meu sogro e minha sogra para também realizar esse sonho, que fazia um tempo que queríamos realizar e não conseguíamos”, contou.


Os noivos tiveram direito a convidados, bolo e painel para fotografias.


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn

Últimas notícias

Últimas Notícias