Pesquisar
Close this search box.
posto village ezgif.com gif to avif converter

Acusado de assassinar homem na frente de uma distribuidora no Ayrton Senna é condenado a 17 anos

Rafael Souza da Silva, o Rafinha, foi julgado e condenado pelo assassinato de Witallo Leonardo da Silva, o Léo. A sessão foi realizada nesta terça-feira, 7, na 2ª Vara do Tribunal do Júri e Auditória Militar.
Léo, como era mais conhecido, foi morto a tiros na frente da sua distribuidora de bebidas, localizada no bairro Aryton Senna, na região da Sobral. O crime, tipo de execução, aconteceu na noite de 3 de fevereiro deste ano. Consta na denúncia apresentada pelo Ministério Público do Acre que a vítima estava em frente ao estabelecimento comercial quando o Rafael desceu de um carro e fez vários disparos.
O Conselho de Sentença condenou Rafinha a 17 anos e 6 meses de prisão. Na mesma decisão o juiz Alesson Braz negou ao réu o direito de recorrer da sentença em liberdade.


Compartilhar

Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
192882c8aaa53f9b4e234a4553bdad21

Últimas Notícias